Natália Bonavides

Nota de pesar | Comissão de Direitos Humanos da CMN

É com muito pesar que a Comissão de direitos humanos, trabalho e minorias da Câmara Municipal de Natal recebe a notícia de falecimento de Leilane Assunção, na manhã desta terça-feira (13).

Historiadora, ativista de direitos humanos, destacou-se por ser a primeira professora trans em uma universidade pública do Brasil.

Em um país onde mais ocorrem assassinatos de transexuais e travestis em todo o mundo, Leilane representava a resistência diante de um contexto marcado por preconceito, a falta de oportunidade e violência.

Durante sua trajetória defendeu como uma das suas principais bandeiras a causa da descriminalização e legalização das drogas e a defesa pela população LGBT.

Leilane Assunção era um exemplo de militância e defesa intransigente de uma sociedade sem preconceitos, justa e humanitária. Estendemos nossa solidariedade a toda a família da professora, bem como seus amigos e amigas.

Leilane Assunção, presente! Hoje e sempre.

Natália Bonavides

Comentários

Nas redes sociais

Participe do nosso mandato. Interaja conosco nas redes sociais. Nos ajude a fazer uma Natal melhor.

TV Câmara Natal

Receba as notícias do mandato de Natália Bonavides

* obrigatóro