Natália Bonavides

Natália Bonavides vai a São Bernardo do Campo participar do ato de resistência com Lula

O Brasil amanheceu o sábado, 07 de abril de 2018, acompanhando um ato ecumênico em memória ao aniversário de Marisa Letícia, companheira de luta e de vida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Durante todo o fim de semana, milhares de pessoas estiveram na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista, em São Bernardo do Campo, para prestarem solidariedade à tentativa de impedimento do maior líder popular da América Latina. Natália Bonavides viajou até lá para participar do atos de resistência ao lado da senadora potiguar, Fátima Bezerra (PT), e de tantos outros líderes políticos, religiosos e personalidades.

Ao término da missa em homenagem a sua companheira de 43 anos, Lula decidiu se apresentar voluntariamente para cumprir a pena ilegal e ilegítima que lhe impuseram. O ex-presidente saiu do palanque para os braços do povo. As mais de 30 mil pessoas que testemunharam o histórico discurso carregaram Luiz Inácio, numa imagem que estampou as manchetes de diversos jornais e portais do mundo inteiro. Ao final do ato, a multidão permaneceu na frente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC impedindo que Lula saísse em direção à sede Polícia Federal em São Paulo. Lula então precisou sair caminhando da sede do Sindicato.

De São Bernardo, onde acompanhou tudo, Natália afirmou que o momento é de resistência popular: “Essa é a hora de fazer valer que o próprio Lula vem nos ensinando cada vez com mais força. Nós não fomos derrotados, pelo contrário; é por saberem que nós somos vitoriosos, que eles sequer topam disputar eleições conosco. Não nos foi tirado uma presidenta eleita democraticamente para que o governo nos fosse devolvido dois anos depois. Esse, com certeza, será um ano diferente de todos os anos que a gente já viveu, especialmente para a nossa geração. O que está em jogo são projetos de país completamente diferentes: o nosso projeto é de ver cada ser humano livre e o projeto do outro lado, que é tão anti-povo que nem com todas as instituições na mão, nem com toda mídia golpista, conseguem convencer a população que deveriam estar à frente do país. Lula representa uma ideia e não mais uma pessoa, como ele mesmo afirmou. Não nos faltam motivos para manter a cabeça erguida e nos mantermos firmes”, finalizou Natália.

A vereadora petista retornou a capital potiguar já no domingo e participou hoje (10) da sessão ordinária da Câmara Municipal de Natal.

Comentários

Nas redes sociais

Participe do nosso mandato. Interaja conosco nas redes sociais. Nos ajude a fazer uma Natal melhor.

TV Câmara Natal

Receba as notícias do mandato de Natália Bonavides

* obrigatóro