Natália Bonavides

Sem debate com a população, empréstimo de R$ 204 milhões é aprovado na CMN

Muitos disseram que hoje (29) foi um dia de derrota da oposição ao governo do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). Porém, ao considerar que a submissão da maioria dos vereadores da Casa teria garantido a aprovação do projeto na quinta-feira (23) da semana passada, dois dias depois de todas as vereadoras e vereadores tomarem conhecimento da sua existência e sem a população natalense nada saber, podemos afirmar vitoriosa a ação da bancada de oposição, formada por Natália Bonavides (PT), Fernando Lucena (PT) e Sandro Pimentel (PSOL). A bancada de oposição fez o seu papel de modo responsável e se posicionou, desde o início, contrária à rapidez da votação diante das fragilidades do Projeto de Lei do executivo: legais, financeiras e morais.

Desde o dia 14 de março, na própria Câmara, a vereadora Natália Bonavides (PT) apoiada pelos vereadores de oposição, denunciou o rombo da previdência – já confirmado pelo prefeito Carlos Eduardo por telefone quando estava em reunião com outros vereadores e vereadoras, inclusive na presença do vereador Ney Lopes Jr. (PSD). Na mesma ocasião, a vereadora solicitou insistentemente as informações ao NatalPrev através de inúmeros ofícios e reuniões. O resultado foram muitas promessas, nenhum documento e o cancelamento hoje (29) da ida da Presidenta do NatalPrev e o ex-presidente, Adamires França e Homero Greco Sá, por motivo de doença.

Apesar de diariamente enfrentarmos machismo e até ameaças, a oposição se manteve firme, forte e muito coerente para garantir o debate público. A aprovação hoje (29) em primeiro turno, por 25 votos favoráveis e 04 contrários, do projeto de lei que permitirá o saque de 204 milhões do fundo de previdência custará muito caro aos vereadores apoiadores e ao Prefeito Carlos Eduardo. O atropelo, falta de transparência e o desrespeito à lei mostrou o que o Prefeito e a sua bancada pensam da cidade e abriu possibilidades reais do projeto vir a ser derrubado por via da justiça.

Na próxima terça (04), teremos a segunda convocação da secretária Adamires França e o ex-secretário, Homero Greco Sá. Após a convocação, a Câmara votará em segundo turno o projeto de lei e as emendas feitas. O mandato de Natália Bonavides (PT) e toda a bancada de oposição continuarão na luta, por todas as vias legais, para garantir os direitos das trabalhadoras e trabalhadores de Natal.

Comentários

Nas redes sociais

Participe do nosso mandato. Interaja conosco nas redes sociais. Nos ajude a fazer uma Natal melhor.

TV Câmara Natal

Receba as notícias do mandato de Natália Bonavides

* obrigatóro